Aumenta o número de intercâmbios entre pessoas com mais de 50 anos

AUMENTA O NÚMERO DE INTERCÂMBIOS ENTRE PESSOAS COM MAIS DE 50 ANOS

Com o aumento da expectativa de vida, segundo dados levantados pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, os brasileiros tem vivido em média 76 anos (homens) e 79 anos (mulheres). Essa redução na taxa de mortalidade mostra a melhora no aproveitamento dos idosos a nível social e a significante presença do público em todos os setores da economia.

Acompanhando de perto esse movimento tanto no mercado de trabalho, quanto no de lazer, consumo e principalmente de educação internacional, corroboramos a informação de que os brasileiros têm investido mais em si mesmos e na qualidade de suas experiências. Segundo dados divulgados pela Belta (Brazilian Education & Language Travel Association) esse aumento no setor de intercâmbios corresponde a um crescimento na casa 20% ao ano. E a partir desse mesmo relatório, nota-se que entre os destinos mais procurados por esse publico mais maduro estão: África do Sul, Canadá, Espanha, Itália e Malta, em os pacotes encontrados a partir de R$3.000,00 (sem passagem).

Eles tem saído em busca de experiências que na juventude não foram possíveis, muitas vezes, pela escassez de tempo e falta de estabilidade financeira; mas nessa fase da vida, priorizam o valor agregado e dispendendo de mais tempo e recursos para isso. Seja pela vivência, aprendizado de novos idiomas, reciclagem de conhecimentos, expandir networking ou desenvolver a capacidade de relacionamento, o intercâmbio na maturidade tem representado uma significativa parcela do mercado de educação internacional.

Na ETC Intercâmbio, acompanhamos claramente esse boom, já que anualmente temos encaminhado cada vez mais alunos individualmente e em turmas maiores para diferentes destinos com o Juventude Acumulada.  Mais especificamente o Juventude Acumulada da ETC, é um curso especialmente desenvolvido para maturidade, pensando em todas as questões que envolvem pessoas com idade superior a 50 anos, levando em consideração a facilidade de mobilidade, qualidade das instalações, didática diferenciada e programação turística e cultural

Seja individualmente ou em grupo, a terceira idade tem mostrando os benefícios agregados pelas ultimas gerações que tem envelhecido melhor, cuidando mais da alimentação, saúde física e principalmente mental. Eles estudam mais, trabalham mais, viajam, se divertem e conhecem o mundo.  Aos poucos o mercado vai colocando de lado o estigma de que intercâmbio é feito para jovens, e vem inserindo famílias inteiras, de netos a avós para viver a experiência da educação internacional na pele.

Confira aqui o próximo grupo Juventude Acumulada 2019.